Homem inovando no seu planejamento de negócio
Conteúdos Gestão Planejamento

O planejamento do seu futuro negócio em apenas 9 simples passos!

É pensando em uma geração cada vez mais inovadora, e que vive em um mundo no qual as mudanças são constantes e a carga de novas informações é extremamente grande, que se criou a estrutura de Modelo de Negócios, que consiste em uma linguagem simples de planejamento onde é possível descrever facilmente novas ideias e estratégias de negócios.

Descubra 9 simples passos que te auxiliarão no planejamento do seu futuro negócio para que saia do papel de uma vez por todas.

Talvez você prefira ouvir este artigo! Experimente no player abaixo!

Muitos brasileiros planejam abrir seu próprio negócio, ser dono de uma empresa ou se tornar um empreendedor (termo mais conhecido). Para muitos brasileiros este objetivo pode ser comparado com o sonho da casa própria.

São por estes e outros motivos que o Brasil hoje é considerado um país empreendedor, onde 5 mil empresas são abertas todos os dias, e a marca de 20 milhões de empresas ativas está quase sendo alcançada (se já não tenha sido atingida enquanto você lê este post).

Mas o que leva uma pessoa a querer abrir seu próprio negócio?

Os motivos para buscar estes objetivos podem ser os mais diversos possíveis: alguns vislumbram se tornarem ricos, outros desejam a liberdade de se tomar as próprias decisões ou simplesmente não ter o “patrão” cobrando resultados. Entretanto, para a grande maioria, alguma oportunidade de mercado foi identificada, algo inovador ou diferenciado e que possivelmente fará com que esta pessoa ganhe dinheiro.

Porém, um desafio que muitos futuros empreendedores não medem ou só vão enxergar após terem aberto o negócio (o que pode ser tarde demais), é o que deve ser feito para atingir este objetivo?

Esta é uma pergunta que todo futuro empreendedor deve fazer antes de começar um negócio. Uma empresa que responda a estas perguntas é forte candidata a se tornar um negócio rentável e lucrativo.

Sendo assim, as respostas para estas perguntas se iniciam no PLANEJAMENTO. É a falta deste planejamento que faz com que inúmeras empresas não consigam sobreviver por ao menos dois anos.

Entretanto, muitos futuros empreendedores “torcem o nariz” quando ouvem falar sobre planejamento, muitos imaginam que isto tomará tempo e que perderão o momento da ideia do negócio.

Desta forma, a maioria acaba atropelando inúmeras etapas e dando início ao empreendimento de forma impulsiva. E de fato, existem planos de negócios que são engessados e consomem muito tempo de um futuro empreendedor, o que pode desmotivar a realização do planejamento ou até mesmo dar início a ideia.

É pensando em uma geração cada vez mais inovadora, e que vive em um mundo no qual as mudanças são constantes e a carga de novas informações é extremamente grande, que se criou a estrutura de Modelo de Negócios, que consiste em uma linguagem simples de planejamento onde é possível descrever facilmente novas ideias e estratégias de negócios.

O Modelo de Negócios é composto por 9 elementos que descrevem a lógica de como um negócio pode gerar valor tendo como base apenas 4 áreas: clientes, oferta, infraestrutura e finanças:

 

1. Qual a sua Proposta de “Valor”?

Como primeiro passo, é muito importante planejar e definir o que os seus produtos ou serviços irão “entregar” para os seus clientes, ou melhor, o que fará com que seus clientes escolham comprar/contratar seus produtos/serviços? Quais são os motivos que os farão escolher a sua marca ou quais problemas seu futuro negócio irá resolver para atrair e fidelizar estes futuros clientes?

 

2. Segmente seus clientes

Para quem você pretende vender ou servir a sua proposta de valor? Se você respondeu para todo mundo, pode parar por aí, pois nenhuma empresa, produto ou serviço atende todas as necessidades ou consegue ser vendido para todo tipo de cliente.

Existem consumidores que estão procurando por preço, outros por qualidade ou até praticidade. Desta forma, procure alinhar o perfil de clientes que você pretende atingir com sua proposta de valor.

Portanto, a sua estratégia será comercializar para mulheres, homens, crianças, jovens ou idosos? Para pessoas ou empresas? Qual a localização deste público (seu bairro, sua cidade, seu estado ou seu país)? Quais são seus hábitos? Quais são os seus interesses?

Estas são segmentações que podem ser utilizadas para entender e atender seu público alvo

Ao responder estas perguntas é possível entender se sua proposta de valor está de acordo com as necessidades do público alvo que você pretende atingir ou então identificar o que será necessário ajustar em sua estratégia de proposta de valor para que ela atinja excelentes resultados.

Público-alvo 4 incríveis dicas para definir seu público-alvo e aumentar suas vendas

3. Canais e Comunicação

Como você pretende distribuir e se comunicar com este público alvo para entregar a sua proposta de valor? Os canais são o ponto de contato do seu negócio com os seus clientes, sendo assim, para atingir este público você utilizará uma equipe de vendas, venderá pela internet, terá lojas físicas ou será um distribuidor de algum produto ou marca?

Além de definir qual canal funcionará melhor para alcançar e atender o público-alvo, também é necessário planejar como se comunicar, como fazer com que estes potenciais clientes conheçam seu negócio e como fazer também com que estes clientes entendam e se identifiquem com a sua proposta de valor.

Esta comunicação será através da internet (Google, Bing), das redes sociais (Facebook, Instagram, Linkedin) rádio, TV, jornais ou panfletos? Para definir sua comunicação é importante entender, em quais destes meios de comunicação seu público alvo está ou qual ele mais utiliza?   

 

4. Relações com os seus clientes

Quais serão suas estratégias para que seu cliente não procure a concorrência? Seu negócio terá um representante para atender a sua cadeia de clientes ou um atendimento personalizado que irá atender especificamente um único cliente. Você terá um site, onde o cliente consegue se auto atender ou então você irá oferecer um serviço automatizado (robôs)?

Planejar este relacionamento com os clientes pode tornar sua proposta de valor mais evidente aos olhos de seus clientes, além de otimizar suas estratégias de vendas.

 

5. Fontes de Receita

Agora chegou a hora realizar o planejamento em como a empresa irá ganhar dinheiro. Qual valor seu público alvo está disposto a pagar de acordo com o que o seu negócio irá oferecer?

Para que os clientes possam adquirir seu produto ou serviço você irá vendê-lo, cobrará uma taxa pelo uso, assinatura mensal, irá alugar ou irá gerar uma licença de uso?

É possível definir formas diferentes de fontes de rendas para cada segmento de clientes diferente (os quais seu negócio visa atender) e com isto identificar o quanto cada Fonte de Receita contribuirá para o faturamento da sua empresa.

 

6. Recursos Principais

Cada empresa necessita de recursos específicos para poder funcionar, desta forma, quais serão os do seu negócio?

Estes recursos podem ser:

  • Físicos (ex: fábrica, máquinas, veículos, um ponto comercial ou internet);
  • Intelectuais (ex: registro de marca, patentes ou banco de dados);
  • Humanos (vendedores, técnicos de informática, ou seja, pessoas);
  • Financeiros (investimentos ou linhas de crédito).

 

7. Atividades-chave

Quais serão as ações mais importantes para a execução do seu negócio? Estas ações serão responsáveis por criar e atender a proposta de valor, atingindo o seu público alvo e consequentemente gerando Receita para o seu negócio? A pretensão é produzir algo em grande quantidade ou com qualidade? Pretende–se resolver algum problema (serviços)?

Definir a atividade-chave é determinar, de fato, como o seu negócio irá funcionar e o que deverá ser feito para atingir as outras etapas deste planejamento.

Os recursos principais e as atividades chave estão ligados diretamente, tendo em vista que um dependerá do outro para acontecer.

 

8. Parceiros principais

Em nossa vida dificilmente crescemos sozinhos, sempre existe alguém que contribua em nosso desenvolvimento e com um negócio acontece o mesmo.

Portanto, é muito importante definir quais serão os parceiros principais para que seu planejamento dê resultados. Quem serão seus fornecedores e como eles contribuirão para este desenvolvimento?

Dentro deste plano os seus parceiros podem surgir de diferentes formas: formando alianças com não concorrentes, formando parcerias com concorrentes, na formação de novos negócios ou na relação comprador e fornecedor.

 

9. Custos

Por fim chegamos a última etapa do planejamento, que são os Custos. É muito importante saber e controlar para onde o dinheiro da empresa irá. Portanto, faça um levantamento sobre quais serão os custos principais que envolverão o seu negócio, os quais podem ser: salários de funcionários, aluguéis, água, luz, telefone, internet ou aquisição de recursos.

No final das contas é muito importante ter ciência de quais são estes custos e como controlá-los para que seu negócio se mantenha rentável e lucrativo. Sem estas informações não é possível enxergar para onde está indo o dinheiro da empresa e consequentemente haverá a perda do controle.

 

Custos e despesas

 

Através destes 9 passos de planejamento é possível estruturar (desenhar) o seu futuro negócio de uma forma rápida e simplificada, onde diversas correções e mudanças de ideia podem e devem ocorrer diversas vezes, e claro tornar esse plano em uma realidade, de uma vez por todas.

Pensando em começar o seu negócio? Então, não deixe de planejar. Com mercados cada vez mais competitivos, apenas conseguem se desenvolver e sobreviver os negócios que se planejam e que trazem inovações ao mercado que pretendem atuar.

 

Planeje as ações no seu estoque com ConnectStore!

Tenha em mãos dados integrados de toda a movimentação de estoque e torne sua reposição de mercadorias  mais eficiente, reduza custos e organize a disponibilidade de produtos conforme os níveis de segurança pré-estabelecidos.

Clique no banner para acessar nosso site:Estoque

1 comentário em “O planejamento do seu futuro negócio em apenas 9 simples passos!

  1. Pingback: Como emitir nota fiscal MEI: em quais situações usará esse documento?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s