mulher confusa com custos e despesas
Conteúdos Finanças Gestão

Entenda os custos e despesas da sua loja, de uma forma simples!

Nem tudo em uma empresa é custo, e essa confusão pode estar atrapalhando o desempenho financeiro da sua empresa. Entenda as diferenças entre os custos e despesas do seu negócio de uma forma simples!

Nem tudo em uma empresa é custo, e essa confusão pode estar atrapalhando o desempenho financeiro da sua empresa.
Entenda as diferenças entre os custos e despesas do seu negócio de uma forma simples!

(9 min. de leitura)

 

Quais são as dificuldades que uma empresa encontra em se desenvolver?

Antes mesmo de pensar em desenvolvimento, muitos empresários estão focados em tornarem suas empresas competitivas, perante novo e atuais concorrentes , tornando assim qualquer mercado extremamente competitivo.

Sem contar outros inúmeros fatores externos que também atrapalham o crescimento de um pequeno e médio negócio no Brasil, como o cenário econômico atual, a tributação elevada ou a dificuldade de acesso à crédito, por exemplo!

Mediante a estes complicadores, fica difícil até mesmo fazer com que uma empresa sobreviva em seu mercado de atuação.

Entretanto, como um empresário pode diminuir estes impactos em seu negócio? Como sofrer menos com estas mudanças contínuas e incertas no cenário econômico brasileiro atual?

Muitas empresas sofrem diretamente com estes impactos pelo fato de estarem apenas focadas em  aumentar o faturamento e as vendas (pontos estes também importantes para a sobrevivência de um negócio), mas se esquecendo de se realizar outras ações primordiais para um negócio sobreviver e se desenvolver.

O empresário brasileiro precisa saber que aumento do faturamento e do volume de vendas está ligado diretamente a realização de uma boa gestão financeira do negócio, e infelizmente esta é uma das ações que são deixadas em segundo plano por muitos empreendedores.

Entender quais custos e despesas impactam as finanças de um negócio auxilia na criação na estrutura de formação de preço dos seus produtos, de uma forma mais simples. O que torna seu preço e sua empresa mais competitiva no mercado.

Pensando assim, nós da ACSN desenvolvemos uma calculadora de preço de venda que irá te auxiliar na formação de preço de suas mercadorias.

Esta calculadora você poderá baixar gratuitamente:

Calculadora preço de venda

Custos vs. desenvolvimento do negócio

A gestão financeira é responsável por conectar diversas fases do processo de vendas, partindo das compras, passando pelo estoque, pelo preço de venda praticado e até pela venda do produto de fato.

De uma forma simples, estes controles representam todo acompanhamento e registro que é feito das movimentações financeiras (de entrada e saída de dinheiro) de um negócio.

Porém, quando falamos de controles financeiros não podemos simplesmente nos limitar a este modo de se pensar, estes controles financeiros vão muito além de se realizar registros ou anotações.

Os dados contidos nestes documentos, trazem diversas informações que podem auxiliar um empresário ou gestor tomar decisões mais precisas em seu respectivo negócio, contribuindo assim para o desenvolvimento da empresa e como falamos um pouco acima, contribuindo em outros setores dentro de um negócio, como as vendas e o faturamento.

Mesmo estes controles sendo extremamente importantes para a administração e sobrevivência de uma organização. Muitos empresários alegam que não realizam a gestão financeira adequada da empresa pois acham que estes controles são difíceis de se fazer, que não sabem como fazer, que dá trabalho ou até que este processo não traz dinheiro para a empresa e que o importante é vender.

Entretanto, infelizmente estes empresários não sabem o quanto ter estes controles financeiros é importante para a competitividade e até mesmo para as vendas da empresa.

Com estas informações em mãos qualquer empresário consegue enxergar a real situação financeira da sua empresa, além de identificar facilmente para onde está indo os lucros ou quais gastos podem ser cortados!

Porém, antes mesmo de explicarmos como se fazer controles financeiros precisos  que auxiliem na gestão financeira, é muito importante procurar entender alguns pontos essenciais que envolvem e impactam as finanças de qualquer empresa.

Otimizando o centro de custos para dar resultados!

Como fazer com que seus controles realmente tragam resultados além de obter as informações que você precisa para tomar as decisões corretas na gestão da sua empresa?

Antes mesmo de qualquer ação, é necessário que o empresário ou gestor tenha consciência que para obter dados e informações precisas através destes controles, será necessário haver mudanças em suas atitudes e nas rotinas da empresa:

1º Importância dos controles financeiros

A primeira mudança necessária será o entendimento, por parte do empresário, da importância em realizar estes tipos de controles e a quantidade de dados e informações que ele irá obter com a realização destes processos.

Desta forma, será possível identificar e corrigir possíveis problemas encontrados nas finanças, além de informações que poderão mudar os resultados dentro de um determinado período;

Post: 7 controles financeiros que não podem faltar no seu negócio

2º Controlar as finanças deve se tornar uma rotina

Outra ação a ser tomada é estabelecer estes processos de registro e acompanhamento dos resultados como uma rotina na empresa. Realizar os registros ou acompanhar estes números apenas de vez em quando, sem disciplina, aumenta a possibilidade de se perder o controle exato por não ter dados precisos na gestão das finanças de sua empresa;

 

3º Tome decisões em cima destas informações

Após entender a importância dos controles e acompanhamento das finanças de sua empresa, o próximo passo é utilizar estas informações para tomar decisões. Muitos empresários simplesmente anotam ou registram suas movimentações financeiras, mas não utilizam estes dados como fontes para a tomada de decisões.

Entendendo e organizando a sua gestão financeira…

Fica claro que para que seus controles financeiros realmente tragam e apresentem resultados positivos para a sua empresa é necessário haver mudanças no cotidiano e na dedicação por parte do empresário em criar processos e rotinas de analises para executar estes processos.

A partir destes três pontos, surgem outras ações necessárias para que estes controles sejam efetivos, uma delas é a organização e classificação dos gastos da empresa, nem tudo dentro da empresa deve ser entendido como custos.

Toda empresa, independente do seu setor de atuação (comércio, serviços ou indústria), possuem seus gastos específicos, entretanto podem ser classificados e organizados como custos, despesas fixas ou despesas variáveis:

Os Custos

Geralmente são gastos que surgem devido a aquisição de um produto que será revendido (comércio), na compra de matéria-prima que será utilizada como insumo para a produção de um bem (indústria) ou quando um serviço é realizado (serviços).

Neste caso, são levados em consideração todos os custos que incidem diretamente sobre esta ação, veja alguns exemplos de custos: impostos como ICMS e IPI (que incidem sob o material ou mercadoria comprada), frete, embalagem e custos com armazenagem;

 

 

Despesas Fixas

Diferente dos custos, as despesas fixas são os gastos que não dependem da compra ou venda de um produto, da fabricação ou da prestação de um serviço, eles existem mesmo sem ter havido volume de vendas ou de montante produzido por uma empresa, neste caso podemos citar: os salários dos colaboradores, honorários da contabilidade, aluguel, encargos trabalhistas, propaganda e materiais de escritório;

A utilização do termo “fixo” não significa que valor será sempre o mesmo. Significa que este tipo de despesa não depende das vendas (por exemplo) para existir, este valor deverá ser sempre pago.

Nesta situação podemos frisar os salários e alugueis, estes são valores que são ajustados todos os anos mas não dependem das vendas para ocorrerem, deverão ser pagos independente do seu faturamento.

 

Despesas Variáveis 

Diferentemente das despesas fixas, as despesas variáveis ocorrem quando um produto é vendido, produzido ou um serviço é prestado, ou seja, quanto mais mercadorias são vendidas ou serviços são prestados maiores serão estas despesas como, por exemplo: comissão de vendedores, tarifas bancárias, impostos sobre o faturamento (Simples Nacional, Lucro Presumido, Lucro Real etc).

Já nesta situação sim, estes valores só serão gerados apenas se houver um venda ou conforme o seu faturamento oscila. Se sua empresa faturar mais deverá pagar mais imposto já se o seu faturamento for menor durante determinado período deverá ser recolhido um valor menor de tributos.

 

Em alguns casos a classificação dos custos e despesas podem variar de empresa para empresa como, por exemplo: a energia elétrica será considerada como uma despesa fixa para um comércio que por sua vez independe da energia que não está diretamente interligada com a venda dos produtos, já para as indústrias e serviços será considerada como custos, pois (em alguns casos) incidem diretamente no resultado final, que nesta situação, pode se tratar da produção de um produto ou prestação de um determinado serviço.

A análise destes custos, além da organização financeira do negócio, contribuirá no calculo do preço de venda praticado, na apuração da lucratividade da empresa e na realização de um gerenciamento financeiro mais eficiente do negócio.

Além da organização e entendimento dos gastos da empresa, as informações sobre os custos também contribuem para a criação de outros indicadores financeiros que auxiliam no acompanhamento da saúde financeira do negócio.

Dentre os indicadores podemos citar: o cálculo correto do preço de venda a ser aplicado em um determinado produto ou serviço, cálculo da rentabilidade do negócio, lucratividade, ponto de equilíbrio do negócio e até o prazo para retorno sobre o investimento (ROI).

Post: 7 controles financeiros que não podem faltar no seu negócio

Estes controles financeiros irão auxiliar o empresário ou gestor no acompanhamento do desempenho diário, mensal e até anual do seu negócio, além de determinar prazos e percentuais de retorno que as finanças de sua empresa vem apresentando e, portanto, passar a utilizar estes dados para realizar novos investimento.

Como realizar uma boa administração e desenvolver um negócio, se não conseguir analisar se a empresa está indo bem ou mal por falta de dados e informações?

 

Gostou deste post? Então não deixe de curtir nossa fan page! Assim você se manterá atualizado sempre que  um novo conteúdo for postado.

 

Sua gestão mais eficiente com o ConnectStore!

Sempre que precisar tomar decisões, você pode utilizar a grande galeria de relatórios do ConnectStore para obter informações atualizadas e confiáveis de toda a loja.

Acesse nosso site clicando no banner:Print

0 comentário em “Entenda os custos e despesas da sua loja, de uma forma simples!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s