reduzindo-a-inadimplencia
Conteúdos Gestão

6 passos para reduzir a inadimplência dos clientes da sua loja!

A inadimplência de clientes, pode ser prejudicial para qualquer negócio. Prejudicando as finanças, o estoque e impactando diretamente no desenvolvimento e na sua sobrevivência de uma loja. Desta forma, cria-se a necessidade de se realizar um bom controle de gestão de crédito. Confira neste post, 6 (seis) passos que podem auxiliar na redução dos níveis de inadimplência da sua loja

Confira 6 dicas incríveis que podem auxiliar na redução da inadimplência do seus clientes em sua empresa de vez por todas!

Talvez você prefira ouvir este artigo, experimente no player abaixo:

 

Pesquisas apontam que o endividamento dos consumidores brasileiros oscilou entre os anos de 2015 e 2016, estes estudos mostram que em outubro de 2016 o índice de endividamento da família brasileira alcançou a marca 57,7%.

Este índice aponta queda no percentual comparado durante ao mesmo mês em 2015, quando o grau de inadimplência atingia a casa dos 62,1% dos brasileiros. Mesmo com a queda, o percentual é considerado elevando tendo em vista que mais da metade da população, atualmente, está endividada.

Este é um dado preocupante tanto para estes consumidores, que veem as ofertas de crédito sumirem, quanto para os comerciantes que utilizam a concessão de crédito como uma forma de pagamento para fidelizar seus clientes e realizar vendas.

Apesar das vendas através do cartão de crédito serem utilizadas, atualmente, com uma maior frequência a concessão de crediário próprio ainda é uma prática muito utilizada em cidades do interior do Brasil e em centros comerciais menores. Muitas destas micro e pequenas empresas utilizam da concessão de crédito para se relacionar de forma direta com seus clientes.

Porém, a prática de concessão de crédito por mais que vise a fidelização de clientes, por outro lado também é responsável pelo alto índice de inadimplência em vários comércios espalhados pelo Brasil.

Conforme o percentual de inadimplência dos clientes de uma empresa cresce, pode-se tornar um problema crítico para a sobrevivência de um negócio, comprometendo o capital de giro e o fluxo de caixa e aumentando a possibilidade de endividamento também da própria empresa.

Diante deste preocupante cenários nós separamos 6 incríveis dicas para te auxiliar no controle da inadimplência dos seus clientes em sua empresa:

 

1 – Controle diário, semanal e mensal

Faça controles habitualmente de seus clientes, é importante ter o registro de dados como o valor total da dívida, valores a vencer, valores que já venceram, o tempo de atraso destes valores e principalmente os dados do cliente.

Mantenha o cliente informado sobre o débito (sem constrange-lo), investigue o motivo do atraso, negocie uma nova data para o pagamento e procure negociar também novas condições de pagamento.

Alguns controles financeiros podem facilitar este monitoramento, saiba mais neste post aqui.

Post: 7 controles financeiros que não podem faltar no seu negócio

 

2 – Tenha o histórico em mãos

Separar os bons dos maus pagadores se torna muito simples quando se tem à disposição o histórico de compras de seus clientes sempre registrado! Tenha o cadastro de clientes e o histórico de pagamentos sempre atualizado. Estes dados irão trazer as informações de cada cliente, sendo assim será mais simples identifica-los para utilizar estratégias de concessão de crediário, analisando caso por caso.

Desta forma, se torna mais simples disponibilizar vantagens para os bons pagadores e manter os inadimplentes sempre em seu controle.

 

3 – Utilize serviços de análise de crédito

 Para que seja possível disponibilizar crédito aos seus clientes de uma forma segura para sua empresa, é primordial que antes de negociar condições de pagamentos ou prazos, seja feita uma análise do histórico deste cliente na “praça”.

Atualmente no mercado, é possível escolher diversas ferramentas que disponibilizam este tipo de serviço, desde os serviços mais simples que mostram as atuais pendências como, por exemplo, cheques sustados ou sem fundos, até ferramentas mais completas que permitem identificar a pontuação e o grau de endividamento deste indivíduo na “praça”, possibilitando analisar o risco que ele pode trazer para sua empresa, dependendo da forma de pagamento oferecida.

Procure contratar uma ferramenta que atenda não só apenas as suas necessidades, mas as necessidades da sua empresa também com relação a segurança e confiabilidade destes dados.

Lembrando que não adianta simplesmente realizar esta analise apenas na primeira venda para um determinado cliente, é necessário em toda e qualquer venda para o mesmo, sempre consultar estas informações para ter uma maior segurança.

 

4 – Crie uma política de crédito

É muito importante que a concessão de crédito em sua empresa seja baseada em uma política de crédito. Estabeleça regras tanto para os bons, quanto para os “maus” pagadores.

Premie os bons pagadores com descontos e pagamentos mais facilitados. Já para os considerados “maus” pagadores, aplique multas e juros (de acordo com a legislação) devido aos atrasos, aproveite e negocie também outras condições de parcelamento e de pagamento a estes clientes.

Um cadastro de clientes eficiente pode auxiliar neste processo, saiba como clicando aqui.

Post: Cadastro de clientes

 

5 – Desenvolva um plano de ação

O processo de cobrança nunca é fácil, seja pelo monitoramento e controle do histórico de clientes ou pelo ato de cobrar os clientes, que para muitos se torna uma barreira, e que deva obedecer algumas condições legais que buscam evitar o constrangimento ao cliente. Porém, apesar destas barreiras o processo de cobrança se faz necessário, até mesmo para a sobrevivência da sua empresa.

Para que sua cobrança seja feita de uma forma eficiente e efetiva é necessário criar um plano que estabeleça etapas e prazos para execução. Dentro deste processo utilize algumas etapas como, por exemplo: determinar datas para realizar as cobranças, enviar cartas com Aviso de Recebimento (AR), contato telefônico ou SMS, estabeleça datas para protestar dívida em cartório e para negativação do cliente.

 

6 – Automatize estes controles

Reunir todas estas informações pode consumir tempo ou se tornar impossível de se realizar dependendo de sua demanda de atendimento. Por isto é importantíssimo sempre ter este controle através de planilhas ou um sistema que te auxilie no controle e que automatize o lançamento e monitoramento destes dados além de otimizar seu tempo!

A ACSN, por exemplo, desenvolve e oferece ao mercado o software ConnectStore, um software de automação comercial que possui recursos específicos para auxiliar na gestão de crédito da sua empresa, seja reunindo dados e informações de forma automatizada ou auxiliando na execução de estratégias de cobrança e no monitoramento dos clientes inadimplentes.

 

Sua gestão muito mais eficiente com o ConnectStore!

Sempre que precisar tomar decisões, você pode utilizar a grande galeria de relatórios do ConnectStore para obter informações atualizadas e confiáveis de toda a loja.

Print

0 comentário em “6 passos para reduzir a inadimplência dos clientes da sua loja!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s